Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > 2ª Atualização das Áreas Prioritárias
Início do conteúdo da página

2ª Atualização das Áreas Prioritárias para Conservação da Biodiversidade 2018

Publicado: Quinta, 16 de Novembro de 2017, 13h10 | Última atualização em Segunda, 24 de Junho de 2019, 13h07 | Acessos: 12404

O trabalho desenvolvido para cada bioma contou com a execução de diferentes parceiros técnicos selecionados, por meio de edital público, entre instituições de ensino e pesquisa, e organizações não governamentais. E estes processos foram apoiados por diferentes projetos e utilizaram diferentes fontes de financiamento.

 

Em todos os Biomas, foi utilizada a metodologia aprovada pela CONABIO por meio da Deliberação CONABIO nº 39 de 14/12/2005, e baseou-se na utilização do software Marxan, e na integração de atividades de modelagem computacional, com a validação da informação gerada por especialistas de diferentes setores e regiões dos biomas.

 

Um total de quatro oficinas foram organizadas, para cada um dos processos desenvolvidos por bioma, sendo coordenadas conjuntamente pela equipe do MMA e da instituição executora:

1 - Oficina de Alvos e Metas de Conservação; 2 - Oficina de Custos, 3 – Oficina de Oportunidades e 4 – Oficina Final de Seleção das Áreas e Recomendação das Ações.

 

Cada oficina é precedida do envio aos especialistas dos resultados dos estudos computacionais, que durante a oficina são validados e ou complementados, quando for o caso, com informações oriundas de conhecimento técnico e observacional dos participantes.

 

Os resultados obtidos para cada um dos biomas são sistematizados em um único mapa (pdf e shapefiles) e em fichas descritivas das áreas com suas ações recomendadas, além da informação de importância biológica e prioridade de ação.

Mapa das Áreas Prioritárias para a Conservação, Utilização Sustentável e Repartição dos Benefícios da Biodiversidade Brasileira – 2ª Atualização (Mapa com áreas em sobreposição)


A Portaria nº 463 de 18 de dezembro de 2018, do Ministério do Meio Ambiente incorpora os resultados da 2ª Atualização do Cerrado, Pantanal e Caatinga, já reconhecidos pela Portaria n°223, de 21 de junho de 2016.

Os processos de atualização para cada um dos biomas (incluindo os já anteriormente lançados pela portaria MMA nº 223/2016 e revogados pela Portaria 463/2018), por terem sido processos elaborados regionalmente e utilizando microbacias hidrográficas como unidade mínima de informação do território, resultaram em algumas áreas prioritárias que ficaram sobrepostas entre biomas ou com a Zona Costeira e Marinha. Essas áreas estão destacadas em cor roxa no mapa da figura acima.
Para essas áreas, foi realizada a integração das informações relacionadas aos alvos, custos e oportunidades e ações recomendadas. Nenhuma dessas informações já elaboradas separadamente em cada processo foi excluída, mas sim integradas e disponibilizadas em conjunto para as áreas com sobreposição (áreas híbridas).
A Portaria nº 463/2018 estabeleceu que o MMA disponibilizasse posteriormente tais informações, as quais agora podem ser acessadas nos links abaixo, para cada um dos biomas e para a Zona Costeira e Marinha.

 Mapa das Áreas Prioritárias para a Conservação, Utilização Sustentável e Repartição dos Benefícios da Biodiversidade Brasileira – 2ª Atualização (Mapa final)

 

Logo após a publicação da portaria nº 463/2018 o MMA postou no site todas as informações disponíveis àquele momento, restando as áreas de sobreposição que seriam objeto de compilação de dados para fins da classificação, conforme é previsto na portaria.
A retirada do site do ar ocorreu para evitar equívocos em relação às áreas de sobreposição, que ainda não se encontravam finalizadas à época.
Agora, apresentamos as informações finalizadas dos processos de atualização das áreas prioritárias para todos os biomas terrestres e para a Zona Costeira e Marinha.
Solicitamos que, caso seja encontrada alguma inconsistência, que nos seja informada para o endereço eletrônico
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..

Amazônia

   O processo da 2ª atualização das áreas prioritárias para conservação da Amazônia ocorreu durante os anos de 2017 e 2018, por meio de várias reuniões técnicas temáticas, com a participação de pesquisadores, gestores de órgãos governamentais estaduais e federais, organização da sociedade civil, setores econômicos e representantes de diversas instituições.

   O processo foi conduzido pelo MMA, com a parceria técnica do consórcio formado entre WWF, TNC e Museu Paraense Emílio Goeldi contratados por edital público do Projeto ARPA.

 

Para donwload:

MAPA DAS ÁREAS PRIORITÁRIAS DA AMAZÔNIA

SHAPEFILES DAS ÁREAS PRIORITÁRIAS DA AMAZÔNIA

FICHAS DAS ÁREAS PRIORITÁRIAS DA AMAZÔNIA

SHAPES DAS ÁREAS EM SOBREPOSIÇÃO-AMAZÔNIA X CERRADO (áreas híbridas) 

SHAPES DAS ÁREAS EM SOBREPOSIÇÃO-AMAZÔNIA X ZCM (áreas híbridas) 

LISTA DE AÇÕES DAS ÁREAS PRIORITÁRIAS AMAZÔNIA

Fim do conteúdo da página