Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > 1ª Atualização das Áreas Prioritárias (Resultados revogados pela 2ª atualização)
Início do conteúdo da página

1ª Atualização das Áreas Prioritárias para a Conservação da Biodiversidade - 2007(revogado)

Publicado: Quinta, 16 de Novembro de 2017, 13h08 | Última atualização em Sexta, 22 de Novembro de 2019, 11h00 | Acessos: 5246

Em 2006, foi conduzido o 1º processo de Atualização das Áreas e Ações Prioritárias para Conservação da Biodiversidade.

O processo de atualização das Áreas e Ações Prioritárias da Biodiversidade foi realizado de forma simultânea no âmbito de todos os biomas brasileiros e da zona costeira e marinha, e contou com o apoio das seguintes instituições: IBAMA, FUNBIO, Fundação Biodiversitas, GTZ, WWF, TNC, CI, IPAM, ISA, COIAB, CNS, GTA, SOS MATA ATLÂNTICA, GEF CAATINGA, APNE.

A metodologia utilizada foi a aprovada pela CONABIO por meio da Deliberação CONABIO nº 39 de 14/12/2005. As primeiras etapas do processo foram as Reuniões Técnicas para a definição dos objetos de conservação (alvos), de metas e importância relativa de cada objeto e a elaboração de um Mapa das Áreas de Importância para a Biodiversidade. Estes três produtos subsidiaram os Seminários Regionais dos Biomas, que ocorreram entre outubro e dezembro de 2006.

Os resultados foram sistematizados em banco de dados e no mapa com as novas áreas prioritárias, aprovados pela Deliberação CONABIO n°46, de 20 de dezembro de 2006 e reconhecidos pela Portaria n° 9, de 23 de janeiro de 2007, do Ministério do Meio Ambiente. Essa Portaria foi revogada pela Portaria MMA nº 463 de 18 de dezembro de 2018.

 

Para download:

Publicação

Mapa de Áreas Prioritárias

Fim do conteúdo da página